Quinta, Junho 20, 2019
Tamanho Texto
Notícias

Notícias Digitalis

Instituições Financeiras no SIGES (multi-instituições na aplicação CXA)

O SiGES permite actualmente gerir dados académicos individualmente por instituição SiGES (divisão lógica da informação), no entanto ao nível do CXA e da Tesouraria associada, o tratamento é centralizado e sobre os dados de todas as instituições SiGES.

A necessidade identificada pela Digitalis e alguns dos seus Clientes, como ponto de partida para a funcionalidade aqui anunciada, poderá ser resumida da seguinte forma:

“A aplicação CXA (Controlo e Gestão de Tesouraria) da suite aplicacional SiGES deve ser capaz de gerir dados de tesouraria e financeiros de forma individual por cada instituição (unidade orgânica) financeiramente autónoma.”

Identifica-se portanto a necessidade de criar uma entidade intermédia entre as instituições SiGES e a parametrização do funcionamento do CXA, de modo que em realidade de multi-instituição seja possível ter múltiplas configurações de tesouraria e financeira.

A entidade intermédia que se sugere implementar entre as instituições SiGES e a parametrização do funcionamento do CXA designa-se por instituição financeira.

Uma instituição financeira tem uma identidade financeira única, a que corresponde um sistema de facturação individual e uma integração com a contabilidade também individualizada.

Após a implementação da instituição financeira o funcionamento da aplicação de tesouraria CXA passa a ser individual por cada instituição parametrizada, desta forma se pretende responder à necessidade inicial de ter uma aplicação CXA capaz de tratar distintamente a tesouraria e financeira de cada instituição SiGES.

Uma instituição financeira poder-se-á associar a uma ou mais instituições SiGES, no caso de não haver independência financeira de cada instituição SiGES.

Observemos a título exemplificativo a seguinte esquema funcional:

 

É possível verificar a relação entre Instituição Financeira e Instituição SiGES (unidade orgânica – U.O.) na mesma instância de base de dados SiGES.
Continuar...

Migração Oracle 11g, um must tecnológico proposto pela Digitalis



Como é do conhecimento dos clientes mais atentos e informados das mais recentes releases do universo high-tech das bases de dados, a ORACLE lançou há relativo pouco tempo a nova versão 11g. Como decerto saberão, o pack aplicacional SiGES é suportado pela versão 9i do SGBDR Oracle desde 2003.

Nessa medida, e sempre na vanguarda dos novos lançamentos do seu parceiro de negócio e funcional ORACLE, a Digitalis vem agora propor junto dos seus clientes, de acordo com o plano de descontinuidade de suporte a esta versão anunciado pela própria Oracle, a evolução para a nova versão Oracle 11g.

Para além deste factor de descontinuidade, está igualmente previsto para o verão de 2010 o lançamento do novo SIGES 11, que naturalmente tem como pré-requisito a plataforma ORACLE na versão 11g.

Continuar...

Digitalis disponibiliza nova aplicação Online

Numa perspectiva de resposta às solicitações dos nossos Clientes e de renovação tecnológica aplicacional, a Digitalis em jeito “SIMPLEX” disponibiliza em paralelo à revigorada aplicação back-office de Candidaturas (CSS), a nova aplicação, Candidaturas Online – CSS online (totalmente desenvolvida na nova frame-work de desenvolvimento da Digitalis, DiF2).

A candidatura on-line é um veículo de extrema importância para as instituições de hoje. A não obrigatoriedade de iniciar o processo de candidatura presencialmente é valorizada cada vez mais. A implementação de um módulo de candidaturas on-line pretende suprimir a lacuna que o SiGES /netPA apresentava no contacto com o candidato à instituição.

O processo de candidatura existente, era até agora integralmente gerido na aplicação CSS (aplicação back-office): registo de dados pessoais; condições de acesso – exames nacionais, classificações, contingentes (por prioridade); cursos a que se candidata por ordem de preferência; controlo de entrega de documentos.
Os dados desta candidatura, eram e continuam a ser utilizados no processamento de seriação e consequente admissão nos cursos, em diversas Instituições.

Vários são no entanto, os benefícios da utilização desta nova aplicação CSS-online, como por exemplo:

- Serviço de candidaturas acessível em qualquer lugar e em qualquer momento;
- Realização da formalização da candidatura via browser pelo requerente;
- Criação de um momento e ponto virtual único para a realização de todas as fases do processo, incluindo eventuais pagamentos e respectivo controlo de estado de candidatura;

Para além destes factores relacionados com a sua utilização, a aplicação CSS online, foi naturalmente desenvolvida totalmente de acordo com os novos tipos de ingresso no Ensino Superior.
Continuar...

Digitalis desenvolve ambiente virtual, facilitador de demonstrações aplicacionais com dados reais das Instituições interessadas

Em resposta a uma série de questões frequentemente colocadas ao departamento comercial da Digitalis, e que exigem muitas vezes respostas com algum enquadramento tecnológico e funcional, decidimos esta semana enumerar algumas das mais valias das nossas soluções e da nossa oferta.

O desenvolvimento de ambientes virtuais que possibilitem a demonstração e utilização das nossas ferramentas e módulos de forma a simular um ambiente de produção, e ainda por cima com dados das Instituições, é algo que temos a noção ser de enorme valia. Conseguimos desta forma monitorizar a navegação/utilização dos interessados neste ambiente, e de certa forma agilizar e tornar mais dinâmicas as reuniões sobre aquisição de novos produtos, já testados pelo cliente e naturalmente com enorme feedback da parte dos mesmos.

Para além desta notícia, recordamos os seguintes factos:

- A solução global da Digitalis é por todos os players na área do Ensino Superior, consensualmente considerada como a mais completa do mercado;

- Enquanto solução e serviços profissionais prestados, a Digitalis é hoje reconhecida quer pelos clientes, quer pelos variados organismos da tutela, tais como as Direcções de Inspecção do MCES e o GPEARI;

- Processos como facturação de tesouraria académica, integração com sistemas de POCE e Analítica, RAIDES e outros, são hoje garantidos com elevado grau de satisfação por parte das entidades intervenientes;

- Processos críticos tais como Candidaturas e Inscrições, são suportadas de forma estável em grandes Instituições tais como a Universidade de Lisboa e Universidade de Coimbra, com mecanismos de controlo e automatização de processos que se traduzem em efectivas vantagens para os serviços e imagem das Instituições.

Para isso contribui a enorme comunidade de utilizadores e as vantagens para as IES, na mobilidade e trocas de experiências dos utilizadores.

Poderá consultar a realidade on-line desta comunidade em http://clubedigitalis.ning.com/

Para Instituições com capacidade tecnológica para desenvolvimentos internos, a Digitalis possui uma solução global com serviços continuados de suporte a Clientes e com a capacidade de entregar a única ferramenta de desenvolvimento totalmente OpenSource baseada numa Framework Java.


Efectivamente a DiF2 - Digitalis Framework, na sua segunda major version, foi já adoptada pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e pela Universidade Lusófona como plataforma de desenvolvimento de projectos que complementam a nossa solução SiGES/netPA e que mediante acordo de parceria de revenue share, permitem a comercialização a terceiros das soluções desenvolvidas e a capacitação financeira das Instituições parceiras.


Para mais informações, estamos sempre disponíveis para o esclarecer.

Mais artigos...

Página 15 de 18

<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 16 17 18 Seguinte > Final >>